Preposições em inglês: como acertar?

PREPOSITIONS

Bom, as preposições em inglês são um problema para muitos alunos brasileiros. Mas, o que são preposições? São aquelas palavras, curtinhas em sua maioria, que você vê toda hora rs… nada técnica esta explicação! Ok. Vamos aos exemplos: in, on, at, with, to, for, without, from… As preposições de tempo/lugar mais comuns são IN, ON, AT. Vamos aos usos:

Tempo (time) – antes dos dias da semana e datas completas:

I go to the gym on Mondays and Wednesdays. (Eu vou à academia nas segundas e quartas)

My birthday is on May 10th.

Antes de meses e anos: She moved here in September. (Ela se mudou em setembro)

She started working here in 2015. (Ela começou a trabalhar aqui em 2015)

Antes de horários: The meeting starts at 5:30. ( A reunião começa às 5:30)

Lugar (Place) – Locais fechados e territórios delimitados, que não sejam abertos ( há exceções!):

I live in Brazil. (território)

I was in the bank and couldn’t answer the phone. (Eu estava no/dentro  do banco e não pude atender o telefone)

Lugares abertos: praias, fazendas, montanhas…

I was on the beach all day (eu estive na praia o dia todo)

The boat is on the island already. ( O barco já está na ilha)

Veja a diferença: People in the island… (As pessoas na ilha – falando dos habitantes que vivem no território)

Locais em geral, falando de localização, especialmente antes de nomes próprios:

I was at the university/ at Unicamp.

People were waiting at the church. (As pessoas estavam esperando na igreja – localização, geralmente seguido por the)

Veja a diferença: People were waiting in church during the storm. (As pessoas estavam esperando na (dentro) igreja durante a tempestade)

O mais importante para aprender é sempre prestar atenção nas frases faladas ou escritas, notando os diferentes usos.

Para dicas de como usar as preposições com verbos e aprender a diferença entre TO e FOR, assista meu vídeo.

Anúncios
Publicado em aprendizagem, dúvidas, ensino, inglês, inglês instrumental, línguas, Sem categoria | Marcado com , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

El verbo gustar

MAFALDA

Hola! Qué tal?  Este post é sobre a estrutura para o verbo gustar, que é muito diferente no espanhol. Vamos aos exemplos:

Me gusta el café.

Notem que não usamos Yo (eu) + gustar. Esta estrutura não existe em espanhol.

Vamos usar (a mi) me gusta + substantivo no singular, e no lugar da preposição ‘de’, usamos o artigo definido ou pronome possessivo.

(A ti) Te gusta mi café? Sí, a mí me gusta mucho.

Se o substantivo for plural: (A ella) le gustan las películas españolas.

Quando o complemento for verbo, sempre singular: Me gusta comer los postres (sobremesas).

Mas, olhe estas exceções: Me gustas (tú). Eu gosto de você. OU

Te gusto (yo)? , quando pergunto se a pessoa gosta de mim. Ou seja, o verbo gustar combina com o complemento que vem depois dele.

Curiosidade: dizemos ‘curtir’ para redes sociais, em espanhol dizemos ‘me gusta’.

Hasta pronto!:-)

 

Publicado em aprendizagem, dúvidas, espanhol, Sem categoria, vocabulário | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Aprendendo inglês com séries

É possível aprender inglês assistindo séries? Sim.  Você pode aprender assistindo com a legenda em português, para começar, e depois com a legenda em inglês, quando já tiver se acostumado aos sons da língua. Mas, lembre-se que é importante ler também porque assim vai ter um vocabulário mais variado, já que o inglês das séries é sempre coloquial, ou seja, informal.

Ter um inglês comunicativo em vários ambientes é muito importante, já que você pode precisar comunicar-se em várias situações, desde viagens à entrevistas de trabalho, palestras, etc. Se tiver condições de fazer um curso, escolha bem, já que muitos cursos ‘cool’ não se preocupam com a qualidade mas sim com tendências, festinhas, e atividades não relacionadas ao ensino só para ganhar seu dinheiro. Procure cursos que combinem custo e benefício, mas sempre de olho na qualidade: o curso tem professores com certificação? Trabalha com material didático de editoras internacionais? Te oferece uma metodologia bem fundamentada ou não sabe nem o que são as metodologias de ensino e aprendizagem?

Deixo abaixo um episódio do canal Aprenda Inglês com Séries.

😉

Publicado em aprendizagem, dúvidas, ensino, inglês, inglês instrumental, línguas | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Seu currículo: a importância de um idioma estrangeiro

FALAR

Olá! Você pode estar se perguntando como fazer para aprender um idioma se está desempregado. Bom, para começar, mantenha uma atitude positiva! É possível sim aprender sem gastar… é claro que um curso especializado ou um intercâmbio acelera muito o processo de aprendizagem, mas você sabia que o item mais importante nesse caso é o interesse para aprender?

Na Internet há inúmeros aplicativos para se aprender uma língua estrangeira, desde os mais básicos como Duolingo à videoaulas, com professores nativos ou brasileiros. O Youtube oferece uma imensidão de oportunidades para quem quer aprender um idioma.

Os meus preferidos para aprender inglês, considerando-se que é a língua que tem o maior peso no seu currículo, são: Carina Fragoso, A Tia do Inglês,  mmm English com a Emma, site inglês na ponta da língua. Há também os Podcasts (tem um post aqui só sobre eles).

Assista minha entrevista sobre o assunto.

http://g1.globo.com/mg/vales-mg/intertvnoticia-vales/videos/t/edicoes/v/pesquisa-indica-que-perfil-bilingue-aumenta-chances-de-promocao-no-mercado-de-trabalho/6068493/

 

 

 

Publicado em aprendizagem, ensino, inglês, inglês instrumental, línguas, mercado, Sem categoria | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Muy x Mucho

muy

Hola! 😀

O post de hoje está relacionado a uma dúvida que muitos estudantes de espanhol têm:

Como usar Muy e Mucho/a?

Bom, usamos muy para adjetivos e advérbios:

Susanita es muy lista (Susanita é muito esperta/inteligente)

E usamos mucho/a/os/as com substantivos:

Hay mucha gente aquí.

Muchas personas no hablan español muy bien.

Hace mucho calor hoy.

Também após verbos:

Los chicos hablan mucho!

Para saber mais, indico um dicionário bilíngue online que ‘me gusta mucho!’ 🙂  http://www.wordreference.com/espt/mucho

Hasta pronto!

Publicado em aprendizagem, dúvidas, línguas | Marcado com , , | 1 Comentário

School Year in Brazil

IMG-20170609-WA0002

Nanda – 10 years old

I live in Brazil. Classes start in February. We have three breaks: a Carnival break in February or March – one week; a Winter break in July – two weeks; a Children’s break in October – one week.

I’m 10 years old and I’m in 5th grade. Classes end in December. We have Summer vacation in December and January. I travel with my family.

Julia

Júlia – 12 years old

I’m from Brazil. Classes start in February and end in December. We have three breaks: a Carnival break in February or March; a July break during 2 weeks, and Children’s week in October.

I’m 12. I go to school every day. I’m in 7th grade. My Summer vacation is in December and January.

Publicado em aprendizagem, ensino, inglês, línguas, Sem categoria | Marcado com , , | Deixe um comentário

Very: saiba quando usar!

very

Olá! 😀

Neste post eu vou explicar o uso da palavra very.

Quando estamos aprendendo um idioma pensamos na tradução para depois usarmos a palavra, certo? Bom, eu já fiz muito isso… esse negócio de falar que a gente (teacher) pensa em inglês é verdade sim, mas isso é prática (tipo ‘…algum tempo depois de tanto traduzir tudo mentalmente’, rs rs), no início pensamos em português também… mas voltando ao assunto, isso atrapalha muito! Você traduz very, e pensa: ‘muito, muita’, logo ‘muitos, muitas’, aí a coisa complica!

Bom, vamos lá! Very é usado antes de adjetivos ou advérbios, se você não sabe o que significam essas classes gramaticais em português, eu explico:

Adjetivos caracterizam ou modificam substantivos: Casa bonita 

Já os advérbios fazem ‘parceria’ com os verbos: Ele fala rápido

Voltando ao inglês: Very beautiful (Muito bonito/a) ou very fast (muito rápido)

Para substantivos usamos much, many, a lot of:

Nilza eats a lot of candy. (Nilza come muito doce)

She doesn’t make much money. (Ela não ganha muito dinheiro)

I don’t know many people in São Paulo. (Não conheço muitas pessoas em S.P)

Com verbos usamos a lot quando a frase for afirmativa: Paul works a lot! (Paul trabalha muito)

Na negativa usamos much:

Katia isn’t sleeping much this week. (Katia não está dormindo muito esta semana)

Very também pode ser usado antes de substantivo… sim! Porém tem significado e função diferentes, geralmente para enfatizar algo, assim prefiro não traduzir porque fica estranho em português:

You know the door to my very soul (você conhece a porta para minha ‘própria’ alma???)

http://www.azlyrics.com/lyrics/beegees/howdeepisyourlove.html

Ainda: The very heart of the city (o coração exato/mesmo ??? da cidade)

http://www.merriam-webster.com/dictionary/very

Bom, o mais importante é pensar antes de usar o very… isso mesmo, pensar! Depois de um tempo você não vai mais precisar pensar para escolher a palavra certa em inglês…mas para isso vai ter que estudar… ou pode continuar mandando very para qualquer situação. Depois dizem que o inglês tem o vocabulário muito reduzido…nada é tão simples como parece!

Keep calm and study! 😀

Publicado em aprendizagem, dúvidas, ensino, inglês, inglês instrumental, leitura, leitura instrumental, Sem categoria | Marcado com , , , | 2 Comentários